Artigos

2017

Construção Coletiva de um instrumento de cuidados de Enfermagem a pacientes no Pré-Operatório Imediato

Revista Baiana de Enfermagem. Salvador. v. 31. n.1. p.1-10. jan/mar. 2017

Intervenções de emergência realizada nas vítimas de trauma de um serviço aeromédico

Rev. Bras. Enferm. 2017 jan/fev; 70 (1): 54-60

Pré-Operatório de cirurgias potencialmente contaminadas: fatores de risco para infecção do sítio cirúrgico

Acta paul Enferm. 2017;30 (1). 16-24

A Equipe da Unidade de Terapia Intensiva frente ao cuidado paliativo: discurso do sujeito coletivo

Rev. Esc.Enferm. USP – 2017;51:e03221

Validação de instrumento para intervenção de enfermagem ao paciente em terapia vasoativa

Rev. Bres. Emferm. 2017 mai-jun. 70(3).47

SEGURANÇA DO PACIENTE EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA DE ACORDO COM A TEORIA DE WANDA HORTA

Cogitare Enferm. (22)3: e45657, 2017

2016

As relações da emfermagem na unidade de terapia intensiva no olhar de Paterson e Zderad2016

Rev. Enferm. UERJ, Rio de Janeiro,2016;24 (2) e 5817

Cuidado Paliativo e enfermeiros de teapia intensiva: sentimentos que ficam

Rev. Bras. Enferm.2016 nov-dez. 69 (6); 1074-81

Termometria Timpânica e Temporal na Avaliação da Hipotermia no Intraoperatório de Cirurgia Abdominal em adultos

Texto Contexto Enferm. 2016; 25 (4) e7210015

Percepção dos Enfermeiros de Emergência na Utilização de um Protocolo Para Avaliação da dor Torácica

Texto Contexto Enferm. 2016; 25 (1) e1830014

Percepção de Equipes de Saúde da Família Sobre a Atenção Básica na Rede de Urgência

Rev.  Enferm. UFP on line, Recife, 10(4); 1170-8. abr. 2016

Características do atendimento PréoHospitalar de Pacientes com suspeita ou Diagnóstico de Síndrome Coronariana

Rev. Enfer. UFP on line; Recife. 10 (9). 3293-301; set., 2016

Lesão Renal Aguda em Unidade de tratamento Intensivo: Características clínicas e desfechos

Cogitare Enferm. 2016 abr/jun; 21 (2);01-09

Representações do Cuidado no Limiar da Vida por Profissionais de uma Unidade de terapia Intensiva Móvel

Emf. Foco. 2016: 7 (1); 71-75/71

Checklist Para Passagem de Plantão de Pacientes em Pós-Operatório Imediato na admissão em terapia Intensiva

Enferm. Foco 2016; 7 (1) 13-17/13

2015

 Ambiência de uma emergência hospitalar para o cuidado ao idoso: percepção dos profissionais de enfermagem

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 19(2) Abr-Jun 2015

REGISTRO DA AVALIAÇÃO DE ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA: DISCURSO DO SUJEITO COLETIVO

Rev Enferm UFSM 2015 Abr/Jun;5(2):257-266

CONHECIMENTO DE ENFERMEIROS SOBRE DELIRIUM NO PACIENTE CRÍTICO: DISCURSO DO SUJEITO COLETIVO

ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA NA CRISE PSÍQUICA E O PARADIGMA PSICOSSOCIAL

Texto Contexto Enferm v.24  (4) 2015

Métodos de aquecimento na prevenção da hipotermia no intraoperatório de cirurgia abdominal eletiva

Esc. Anna Nery Vol. 19 no.4 Rio de Janeiro out./dez.2015

2014

AVALIAÇÃO DAS ESTRATÉGIAS DE ACOLHIMENTO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

 Bundle de intervenções de enfermagem em nutrição enteral na terapia intensiva: uma construção coletiva 

Rev. esc. enferm.USP vol.48 no 5 São Paulo out. 2014

Avaliação de um bundle de prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva1

Texto contexto – enferm. vol.23 no.3 Florianópolis. / set. 2014

DIAGNÓSTICOS E PROPOSTAS DE INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM AOS PACIENTES EM PÓS OPERATÓRIO EMEDIATO DE CIRURGIA ELETIVA

Cogitare Enferm. 2014 jul/set. 19 (3) . 58

O processo de transição profissional na perspectiva de técnicos de enfermagem que se tornaram enfermeiros

Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2014 out/dez;16(4):777-86

Intervenção nas situações de crise psíquica: dificuldades e sugestões de uma equipe de atenção pré-hospitalar

Rev. bras. enferm. vol. 67 no 5 Brasília set./out. 2014

Pneumonia associada à ventilação mecânica: discursos de profissionais acerca da prevenção

Esc. Anna Nery vol. 18 no. 2 Rio de Janeiro abr./jun. 2014

O ENFERMEIRO DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NECESSITA DE ACOLHIMENTO

Rev enferm UFPE on line., Recife, 8(2):358-64, fev., 2014

BOAS PRÁTICAS DE ENFERMAGEM NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: CUIDADOS DURANTE E APÓS A TRANSFUSÃO SANGUÍNEA

Rev. Min. Enferm; 18(4):939-954, Out/Dez, 2014

2013

O cuidado de enfermagem a vítimas de traumas múltiplos : Uma revisão integrativa

UNOPAR –  Cient Ciênc Biol Saúde 2013;15(1):81-8

Prática do enfermeiro no cuidado ao paciente no pré-operatório imediato de cirurgia eletiva 

Rev. Gaúcha Enferm. vol. 34 no 3 Porto Alegre set. 2013

ESTRATÉGIAS DE PROMOÇÃO À SAÚDE E A PREVENÇÃO DE ACIDENTES NO AMBIENTE DOMICILIAR: UMA ANÁLISE REFLEXIVA 

Rev enferm UFPE on line., Recife, 7(11):6547-52, nov., 2013

Diagnósticos de risco e propostas de intervenções de Enfermagem aos pacientes vítimas de múltiplos traumas 

Rev. Bras. Pesq. Saúde, Vitória, 15(2): 23-31, abr-jun, 2013

2012

REEUSP  Vol. 46, n.1  2012

ESTRATÉGIAS PARA O ACOLHIMENTO DOS FAMILIARES DOS PACIENTES NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

UERJ –  V.20, n.1  2012

Necessidade dos familiares na sala de espera de uma unidade de terapia intensiva 

 COGITARE –  v.17, n.4 2012

BUNDLE  DE PREVENÇÃO DA PNEUMONIA ASSOCIADA A VENTILAÇÃO MECÂNICA:UMA CONSTRUÇÃO COLETIVA

 TEXTO & CONTEXTO   – v.21, n.4, 2012

ANÁLISE DO PERFIL DO PACIENTE COMO VÍTIMA DE MÚLTIPLOS TRAUMAS

COGITARE – v.17, n.4 2012

 

2011

PROTOCOLO DE CUIDADOS DE ENFERMAGEM NO AMBIENTE AEROESPACIAL À PACIENTES TRAUMATIZADOS – CUIDADOS ANTES DO VÔO

REBEN –    v.64.n.6,2011

PROTOCOLO DE CUIDADOS DE ENFERMAGEM NO AMBIENTE AEROESPACIAL À PACIENTES TRAUMATIZADOS – CUIDADOS DURANTE E APÓS O VÔO

TEXTO CONTEXTO – V. 20, N.3, 2011

Classificação de Risco na Emergência: avaliação da equipe de enfermagem

 UERJ –  v.19,n.1, 2011

Acolhimento com Classificação de Risco: Avaliação dos Profissionais de Enfermagem de um Serviço de Emergência

REE –  v.13, n.4,  2011

FAMILIARES NA SALA DE ESPERA DE UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: sentimentos revelados 

 GAUCHA –  V.32, n.1,  2011